JANEIRO 2019

Soja e outras plantas de verão em pleno crescimento.
Citros, café e cana de açúcar enfrentando limitações do clima.

 
 LANÇAMENTO BIOGRAFIA
 Busca
 
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo
(mla)
:: ARTIGO Nº 17: MANEJO DA FERTILIDADE DO SOLO NO SISTEMA PLANTIO DIRETO NO CERRADO
Djalma Martinhão Gomes de Sousa, Thomaz A. Rein, João de Deus G. dos Santos Junior e Rafael de Souza Nunes - djalma.sousa@embrapa.br
Os autores afirmam que algumas particularidades relativas ao manejo da fertilidade do solo devem ser observadas antes do início e após o seu estabelecimento nos solos do Cerrado.

Eles comentam a introdução das culturas de grãos na área, que ocorreu com utilização de sistemas com intensivo preparo do solo e predomínio do monocultivo da soja. A erosão, redução nos teores de matéria orgânica e baixa eficiência de utilização dos fertilizantes pelas plantas, especialmente nos solos mais arenosos, são conseqüência desse tipo de manejo.

Uma das formas de diminuir as perdas de solo, água, matéria orgânica e nutrientes consiste em reduzir o revolvimento do solo, como no sistema plantio direto (SPD), que já alcança mais de 50% da área de lavouras na região.

Eles lembram também o papel exercido pela Embrapa Cerrados, desde sua criação, em 1975. Para ler a íntegra do artigo clique aqui



(mla)
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br