JUNHO 19

Mês frio das tradicionais festas juninas, este ano deve ter calor acima da media em grande parte do país. Produtividades de plantas de inverno afetadas de forma imprevisível.

 
 ENTREGA PRÊMIO
 Busca
 
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo
(mla)
:: INOCULAÇÃO DE SEMENTES, DOSES DE NITROGÊNIO E USO DA IRRIGAÇÃO EM ARROZ DE TERRAS ALTAS
Renata da Silva Moura; Ricardo Antônio F. Rodrigues; Orivaldo Arf; Éder Souza - rsmourinha@gmail.com
No cultivo do arroz de terras altas, que ocorre durante a estação chuvosa, existe a possibilidade da ocorrência de períodos de estiagem, denominado de veranicos, o que prejudica o ciclo da cultura e a sua produtividade. Para contornar esse problema, Arf et al. (2002) apontam como solução o uso da irrigação por aspersão para diminuir o risco de perdas, aumentar a produtividade e melhorar a qualidade dos grãos.

A necessidade de adubação nitrogenada, a perda de nitrogênio para o ambiente, o alto custo de produção baseado em consumo de energia fóssil e os custos de aplicação de nitrogênio são fatores que justificam a condução de pesquisas no sentido de utilizar bactérias capazes de fixar nitrogênio diretamente da atmosfera, reduzindo assim as perdas para o ambiente, a poluição de águas e solos e o custo de produção (LADHA e REDDY, 2003). Portanto, para um modelo de agricultura sustentável, a Fixação Biológica do Nitrogênio pode ser considerada como uma ferramenta alternativa às aplicações de fertilizantes nitrogenados (GUIMARÃES et al., 2007).

Para ler a íntegra do artigo clique aqui

(mla)
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br