JULHO 2018-Safrinha de milho colhida com alguma seca na R2-Trigo semeado na R1. Iniciado pastoreio pós-soja, formados direto ou consorciado ao milho. Fenação na R4 para compensar retirada do gado para pastos permanentes mal brotados.
 
 RALLY DA SAFRA 2018
 Busca
 
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo
(mla)
:: MICORRIZAS ARBUSCULARES EM CAFEEIRO - REVISÃO E META-ANÁLISE
Marco Aurélio Carbone Carneiro; Franciane Diniz Cogo; Paulo Tácito Gontijo Guimarães; Enrique Pouyú Rojas; Orivaldo José Saggin Júnior; Jose Oswaldo Siqueira
O cafeeiro, planta de importância econômica mundial, apresenta elevado grau de micotrofia para a absorção de nutrientes, em especial de fósforo, cujas fontes são escassas, requeridas em grande quantidade em solos tropicais. Os fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) e a cultura do cafeeiro (Coffea arabica) têm sido objeto de estudo há mais de três décadas e, por isso, é relevante analisar e reunir esses estudos de maneira quantitativa e qualitativa, empregando-se meta-análise e revisão crítica dos avanços e tendências.

Nesta revisão foi discutido aspecto de distribuição geográfica, ecologia, efeitos no crescimento vegetal, nutrição mineral, micotrofismo, eficiência simbiótica e suas aplicações, com ênfase nas pesquisas realizadas no Brasil.

Para ler a íntegra do artigo clique aqui




(mla)
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br