JULHO 2018-Safrinha de milho colhida com alguma seca na R2-Trigo semeado na R1. Iniciado pastoreio pós-soja, formados direto ou consorciado ao milho. Fenação na R4 para compensar retirada do gado para pastos permanentes mal brotados.
 
 RALLY DA SAFRA 2018
 Busca
 
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo
(mla)
:: IMPORTâNCIA DA COBERTURA MORTA PARA A QUALIDADE DO SOLO
DANIEL NUNES DA SILVA JÚNIOR - danielnunesagr@gmail.com
Nos últimos anos, diversos estudos ligados à sustentabilidade da produção agrícola têm mostrado a importância de técnicas de cultivo que preservem e até promovam melhorias na qualidade do solo. Para isso, é fundamental o uso de práticas que corrijam a acidez do solo e a adoção de sistemas de uso e manejo do solo eficientes em aportar matéria orgânica.

Diante disso, o SPD e o SILF, associadas à prática de calagem, apresentam-se como técnicas que cumprem estes objetivos e que, potencialmente, resultam em ganhos de produtividade e em sustentabilidade dos ecossistemas agrícolas.

Para ler a íntegra do artigo clique aqui



(mla)
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br