JANEIRO 2019

Soja e outras plantas de verão em pleno crescimento.
Citros, café e cana de açúcar enfrentando limitações do clima.

 
 LANÇAMENTO BIOGRAFIA
 Busca
 
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo
(mla)
:: PESQUISA SELECIONA INDICADORES BIOLÓGICOS PARA MONITORAMENTO DA COMPACTAÇÃO DO SOLO
Brenda Cristye Tonon-Debiasi, Henrique Debiasi, Julio Cezar Franchini, Alvadi Antonio Balbinot Jr., Mariangela Hungria e Marco Antonio Nogueira
Foram determinados os seguintes atributos microbiológicos e bioquímicos do solo: respiração basal (RB); carbono da biomassa microbiana (CBM); quociente metabólico (qCO2); e a atividade das enzimas celulase, glutaminase, fosfatase ácida e arilsulfatase.

Para isso, foram coletadas amostras de solo na camada de 0 a 10 cm, em quatro épocas: outubro/2014, após a colheita ou dessecação das culturas de outono-inverno; e em fevereiro/2015, janeiro/2016 e fevereiro/2017, durante a fase reprodutiva da soja.

O estado de compactação foi caracterizado por meio das variáveis densidade do solo (DS), macroporosidade, microporosidade e porosidade total, em amostras com estrutura preservada obtidas em outubro/2014 e fevereiro/2017.

Para ler a íntegra do artigo clique aqui



(mla)
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br