:: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CRIADORES (ABC) COMPLETA 91 ANOS
O presidente da ABC, Luiz Alberto Moreira Ferreira, destacou os 91 anos de relevantes serviços prestados pela Entidade ao desenvolvimento da pecuária nacional. Desde 1926, a ABC agrega e representa empresários e profissionais dedicados à produção animal.

Arnaldo Jardim, ganhador como personagem do ano, é secretário estadual de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Engenheiro civil, Jardim já foi quatro vezes deputado estadual e, atualmente, está licenciado de seu segundo mandato como deputado federal.

Na categoria Associativismo, o homenageado foi João Martins. Formado em Administração de Empresas, possui uma trajetória profissional ligada à atividade pecuária há mais de 50 anos. Recentemente foi eleito presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) para o quadriênio 2017-2021. É também presidente e acionista da Agropecuária João Martins S/A.

Carlos Eduardo Pasetti recebeu o prêmio de Pecuarista de Leite. O empresário é CEO da Laticínios Xandô, uma das maiores empresas do segmento no Brasil, vendendo leite tipo A pasteurizado produzido na Fazenda Colorado e também suco de laranja com a marca Xandô, produzido principalmente com frutas cultivadas em sete fazendas que pertencem à holding Grupasso em cidades do interior paulista.

Já o Pecuarista de Corte é Carlos Viacava, que atua há mais de 30 anos na seleção de Nelore Mocho com a marca CV em fazendas de Paulínia, Presidente Epitácio e Presidente Venceslau, todas no interior de São Paulo. Economista, foi, entre outros cargos, diretor da CACEX e presidente da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB).

Chefe Geral da Embrapa, onde atua desde 1980, Evaristo Miranda será homenageado na categoria Ensino/Pesquisa. Engenheiro Agrônomo, tem mestrado e doutorado em ecologia, centenas de trabalhos publicados no Brasil e no exterior e mais de 45 livros. Participou e coordenou mais de 40 projetos de pesquisa e implantou e dirigiu três centros nacionais de pesquisa. Também é membro de várias sociedades cientificas.

No segmento Mídia, o prêmio é de Donário Lopes de Almeida, que já passou por grandes empresas do agronegócio brasileiro e desde novembro de 2007 dirige o Canal Rural, um dos maiores veículos de comunicação do País.


Fonte: ABC