:: SEMIÁRIDO NORDESTINO SERÁ PRIORIDADE DA REDE ILPF EM 2019
“Este será o primeiro passo, o ponto de partida para que a Rede ILPF, da qual a Embrapa faz parte, contribua com uma mudança efetiva no Semiárido”, comentou o presidente da Embrapa, Sebastião Barbosa, destacando a importância de se trabalhar em torno de uma agenda voltada às necessidades da região, tendo como uma das ferramentas de transformação e combate à miséria a disseminação da tecnologia da ILPF.

O presidente do Conselho Gestor da Rede ILPF e pesquisador da Embrapa, Renato Rodrigues, falou sobre o potencial e o reconhecimento que tem sido conquistado pela tecnologia não só no Brasil, como no cenário internacional: “Estamos em fase de negociação com instituições estrangeiras, como a Universidade Politécnica de Madri (Espanha), para criação de uma cátedra em agricultura de baixo carbono, que certamente será um modelo que vai abrir as portas para a Europa”. Para ler a íntegra do texto clique aqui

Fonte: Kátia Marsicano - Secretaria de Inteligência e Relações Estratégicas (Sire) - Embrapa