SETEMBRO 2017 - Colheitas de grãos terminadas, salvo cereais de inverno. Prosseguem as colheitas de cana, café e citros. Pastagens muito secas, salvo braquiária pós soja ou consorciada ao milho. Produtores ultimando preparativos para próximo plantio.
 
 ABAG 2017
 Busca
 
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo
(mla)
:: APTA LANÇA PLATAFORMA ONLINE DE ACESSO AOS SEUS PROJETOS DE PESQUISA EM DESENVOLVIMENTO
O Sistema de Gestão de Pesquisa é utilizado internamente por pesquisadores da Agência desde 2015. O público pode agora ter acesso à plataforma online, que reúne informações sobre a quantidade de projetos de pesquisa em desenvolvimento na APTA, vigência de cada projeto, unidade e pesquisador responsável, área estratégica e linha de pesquisa que se enquadra. É possível, inclusive, buscar os projetos por palavras chaves ou por instituto e centro de pesquisa, facilitando o acesso às informações.

“O SGP é uma ferramenta importante para organizarmos internamente os projetos em desenvolvimento e também darmos transparência ao público sobre as atividades que a APTA e suas unidades desenvolvem”, afirma Orlando Melo de Castro, coordenador da APTA.

Para o corpo técnico da Agência, o sistema facilita o acompanhamento do processo de aprovação das propostas de projeto, fazendo alterações e ajustes quando necessário, de forma simples e rápida. “Quando os ajustes são feitos, a hierarquia responsável pela aprovação do projeto é avisada imediatamente. Isso garante agilidade na aprovação de novas propostas e faz com que o trabalho burocrático seja simplificado”, afirma Valeria Comitre, diretora do Departamento de Gestão Estratégica (DGE-APTA), responsável pelo SGP.

De acordo com Gisele Anne Camargo, pesquisadora e diretora de divisão no DGE-APTA, o sistema proporciona agilidade, segurança e estabilidade na gestão das informações. “Os dados disponíveis são os básicos para que o público possa conhecer o trabalho da APTA. Temos o cuidado de manter informações de resultados em sigilo, principalmente, devido à necessidade de ineditismo para proteção das tecnologias e pedidos de patente”, explica.

Atualmente, 716 projetos estão cadastrados no SGP e outras 247 propostas estão em análise. Os projetos abrangem diversas áreas do conhecimento voltadas ao desenvolvimento agrícola e da pecuária.

Para ter acesso à plataforma clique aqui

Fonte: Assessoria de Imprensa APTA
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br