DEZEMBRO 2017- Semeaduras de primavera terminadas salvo algodão e R1 pelo clima errático. Erosões nas terras sem resíduos. Floradas atípicas trazem dúvidas sobre andamento. PIB do agro inferior no 3º trim. devido antecipação das exportações de soja.
 
 ANIVERSÁRIO ABC
 Busca
 
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo
(mla)
:: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CRIADORES (ABC) COMPLETA 91 ANOS
O presidente da ABC, Luiz Alberto Moreira Ferreira, destacou os 91 anos de relevantes serviços prestados pela Entidade ao desenvolvimento da pecuária nacional. Desde 1926, a ABC agrega e representa empresários e profissionais dedicados à produção animal.

Arnaldo Jardim, ganhador como personagem do ano, é secretário estadual de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Engenheiro civil, Jardim já foi quatro vezes deputado estadual e, atualmente, está licenciado de seu segundo mandato como deputado federal.

Na categoria Associativismo, o homenageado foi João Martins. Formado em Administração de Empresas, possui uma trajetória profissional ligada à atividade pecuária há mais de 50 anos. Recentemente foi eleito presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) para o quadriênio 2017-2021. É também presidente e acionista da Agropecuária João Martins S/A.

Carlos Eduardo Pasetti recebeu o prêmio de Pecuarista de Leite. O empresário é CEO da Laticínios Xandô, uma das maiores empresas do segmento no Brasil, vendendo leite tipo A pasteurizado produzido na Fazenda Colorado e também suco de laranja com a marca Xandô, produzido principalmente com frutas cultivadas em sete fazendas que pertencem à holding Grupasso em cidades do interior paulista.

Já o Pecuarista de Corte é Carlos Viacava, que atua há mais de 30 anos na seleção de Nelore Mocho com a marca CV em fazendas de Paulínia, Presidente Epitácio e Presidente Venceslau, todas no interior de São Paulo. Economista, foi, entre outros cargos, diretor da CACEX e presidente da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB).

Chefe Geral da Embrapa, onde atua desde 1980, Evaristo Miranda será homenageado na categoria Ensino/Pesquisa. Engenheiro Agrônomo, tem mestrado e doutorado em ecologia, centenas de trabalhos publicados no Brasil e no exterior e mais de 45 livros. Participou e coordenou mais de 40 projetos de pesquisa e implantou e dirigiu três centros nacionais de pesquisa. Também é membro de várias sociedades cientificas.

No segmento Mídia, o prêmio é de Donário Lopes de Almeida, que já passou por grandes empresas do agronegócio brasileiro e desde novembro de 2007 dirige o Canal Rural, um dos maiores veículos de comunicação do País.


Fonte: ABC
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br