Novembro

A técnica do plantio direto bem feito mostra ao agricultor o caminho para superação da grave crise hídrica dos últimos tempos e amplia a sustentabilidade do negócio.

 
 PRÊMIO ABAG 2019
 Busca
 
 VoltarImprimirEnviar para um amigo
(fc)
:: PROGRAMA 2009
PROGRAMA PARA 2009

Senhores Curadores:

Nos termos do inciso IV do artigo 22 de nossos Estatutos, vimos submeter o programa de trabalho para 2009.

Plano de Trabalho para 2009

Com base no resultado financeiro verificado no período de janeiro a novembro de 2008 sugerimos uma verba inicial de R$ 1.000.000,00 para financiamento de projetos através do Fundo Agrisus, com utilização de parte do superávit previsto no balanço de 2008 para complementar o saldo dessa conta.

A proposta para rateio da verba do Fundo Agrisus está baseada no valor das aprovações nos anos anteriores, tendo ocorrido em 2008 a seguinte proporção dos projetos aprovados: educação individual 14%, educação coletiva 43% e pesquisas técnicas e do estado da arte 43%.

Assim propomos para 2009 uma distribuição igual à anterior ajustável às tendências verificadas:

A. - Educação individual (bolsas, participação em eventos) 20%
B. - Educação coletiva (eventos, demonstrações) 40%
C. - Embasamento da educação (pesquisas, validações) 40%

Esta distribuição é passiva de ajustes em função de tendências no decorrer do exercício.

Nas pesquisas será dada prioridade à produção de biomassa, justificável pelo resultado do projeto financiado pela Fundação para levantamento feito em 2008 sobre o estado da arte do plantio direto - PD nas 4 regiões climáticas estudadas. Os resultados dessa pesquisa mostraram ser ainda insatisfatórios à cobertura do solo por resíduos na maior parte das mencionadas regiões.

Para as despesas operacionais de 2009, prevemos uma verba de R$ 250.000,00, igual à do ano anterior a fim de atender aos encargos atuais bem como a um programa de publicidade ora em exame.

Com relação à receita, em 2009 continuaremos a ter desconto IRPJ somente sobre os resgates efetuados, pois nosso patrimônio passou à titularidade direta da Fundação, com pequena parte em Fundo FIA isento de tributação pelo resultado mensal.

Continuaremos a empenhar os melhores esforços para liberar os depósitos judiciais feitos na Caixa Econômica Federal que somam acima de R$ 2.100.000,00, exclusive os rendimentos creditados pela instituição. O processo judicial de ação declaratória continua pendente de julgamento. Será exercido especial esforço em regularizar esses depósitos, pois parte permanece ainda no Banco do Brasil, não obstante o mandado judicial para que fosse transferido para a Caixa Econômica Federal. Verificamos a existência de 2 contas na CEF, o que igualmente procuraremos corrigir.

Com relação ao site “www.agrisus.org.br”, que já alcançou 4.000 visitantes por mês, continuaremos procurando aperfeiçoá-lo como fonte de informações sobre a Fundação, a fim de que os interessados possam se inteirar do histórico e da atualidade da entidade. Estamos à procura de um jornalista que venha a se encarregar da manutenção do site, da elaboração de “releases” e da ampliação da lista de recebedores das circulares periódicas.

É ponto capital de nosso programa intensificar o relacionamento com a Associação Paulista de Fundações-APF, visando primordialmente um esclarecimento definitivo sobre a imunidade fiscal assegurada pela Constituição Federal, mas ainda mal regulamentada.

Tencionamos examinar nossos estatutos, principalmente quanto a tornar o Conselho Curador representativo da comunidade agrícola e agronômica do país. Acreditamos que a Fundação já tem vida própria, - além de um elevado conceito -, o que lhe dá oportunidade de trazer para sua administração pessoas ligadas ao professorado, à pesquisa e à produção agro-pecuária, preocupadas com a fertilidade do solo como fator básico para uma agricultura sustentável.

Dentre o leque de assuntos relacionados às suas finalidades, acreditamos relevantes as seguintes ações a serem consideradas:

1. - Investir no patrocínio do Rally da Safra 2009, criando inclusive uma atividade nova no projeto visando identificar a ocorrência do fósforo nas áreas de plantio direto nas diversas regiões climáticas do país.

2. - Financiar projetos de pesquisa que visem a resolver os problemas identificados pelo Rally 2009 como limitantes para o aprimoramento do Sistema de Plantio Direto.

3. - Prestigiar os eventos nacionais diretamente relacionados com os objetivos da Agrisus, com destaque para o Congresso Brasileiro de Ciência do Solo.

4. - Apoiar projetos de pesquisa e difusão de tecnologia apropriada para a sustentabilidade da agricultura brasileira, conforme os estatutos.

5. - Apoiar projetos de educação individual e coletiva visando ao aprimoramento dos técnicos envolvidos com Plantio Direto.

6-Apoiar a execução por pessoal especializado de um catálogo de projetos financiados pela Agrisus, a ser complementado por uma edição jornalística das atividades desde a sua instituição.

Pretendemos manter a nova classificação dos projetos, ajustada à letra de nosso Estatuto, restritos à melhoria e à conservação da fertilidade da terra e das condições ambientais envolvidas como seguem:

A. - Educação Individual
A1. - Bolsas de graduação e pós-graduação
A2. - Auxílio de participação em eventos
A3. - Auxílio de participação em viagens de estudo.
B. - Educação Coletiva
B1. - Eventos técnico/científicos
B2. - Demonstrações a campo
B3. - Livros, bibliotecas
C. - Embasamento da Educação
C1. - Pesquisa Agronômica
C2. - Pesquisa do Estado da Arte.

Procuraremos ainda intensificar nossa ação para promover a Agrisus através de divulgações à mídia e da presença efetiva nos eventos relacionados a nosso escopo, sendo também nossa intenção criar o Prêmio Agrisus para autores de trabalhos específicos enquadrados na nova classificação.

Continuaremos mantendo estreito relacionamento com entidades dedicadas a conservação de solos, bem como com estabelecimentos oficiais ou particulares relacionados às finalidades da Agrisus.

São Paulo, 23 de dezembro de 2008.
(a) F. Cardoso
Presidente

Aprovado pelo Conselho Curador
 VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br