JULHO 19

As colheitas de cana-de-açúcar, café, citros e muitas outras frutíferas avançam nas regiões produtoras enquanto o frio e a estação seca preparam as plantas para as novas floradas e futuras produções.

 
 ENTREGA PRÊMIO
 Busca
 
 VoltarImprimirEnviar para um amigo
(ep)
:: Plano de Atuação 2006
Senhores Curadores:

Nos termos do inciso IV do artigo 22 de nossos Estatutos, vimos submeter o programa de trabalho para 2006.

Plano de Trabalho para 2006

Com base no resultado financeiro verificado no período de janeiro à novembro de 2005 sugerimos uma verba inicial de R$ 1.000.000,00 para o Fundo Agrisus, com destinação de parte do superávit previsto para complementar o saldo eventual dessa conta, a qual estabelece o orçamento para financiamento de projetos.

A destinação da verba do Fundo Agrisus será rateada como segue:

1 - Formação profissional em todos os níveis .....................................................40%
2 - Geração de tecnologias para agricultura de conservação ...........................40%
3 - Extensão rural abrangendo eventos que possam disseminar
e motivar adoção de tecnologias conservacionistas .....................................20%

Esta distribuição é passiva de ajustes em função de tendências no decorrer do exercício.

As despesas operacionais previstas para o novo exercício serão da ordem de R$ 200.000,00 a exemplo do exercício anterior. O imposto de renda debitado nas contas bancárias continuará sendo depositado na Caixa Econômica Federal em decorrência de ordem judicial.

Esperamos concluir as providências em curso da transferência de administração do Fundo Agrisus, devendo o Banco Indusval ser o novo administrador de acordo com deliberação de Diretoria.

Serão diligenciadas as medidas já tomadas para ressarcimento dos valores correspondentes ao imposto de renda em 2002 / 2003, - totalizando R$ 112.308,00 - , indevidamente recolhidas ao tesouro nacional em vez de efetuados os respectivos depósitos judiciais.

Com relação ao site "www.agrisus.or.br" continuaremos procurando aperfeiçoá-lo como uma fonte de informações sobre a Fundação, afim de que os interessados possam se inteirar do histórico e do presente da entidade.

É ponto capital deste programa o credenciamento da Fundação como Entidade de Utilidade Pública para o que prevemos a colaboração da Associação das Fundações do Estado de São Paulo, com a qual a FEALQ mantém bom relacionamento.

Nossa assessoria técnica está examinando a organização de Núcleos Agrisus de Plantio Direto, de âmbito regional, composto de técnicos e produtores capazes de analisar problemas e incentivar projetos de pesquisa, estudo e extensão com vistas à disseminação das boas práticas de conservação do solo, sem prejuízo de um ambiente favorável.

Nossa Fundação continuará mantendo estreito relacionamento com entidades dedicadas a conservação de solos, bem como com estabelecimentos oficiais ou particulares empenhados na pesquisa e extensão agrícola e na formação profissional, relacionados às finalidades da Agrisus.


São Paulo, 16 de Dezembro de 2005.

(a) F. Cardoso
Presidente

Aprovação

Os curadores infra-assinados, após examinarem o Plano de Trabalho para 2006, o aprovaram sem restrições.

São Paulo, 20 de Dezembro de 2005.

________________________________
Fernando Penteado Cardoso

________________________________
Magdalena Leme Cardoso

________________________________
Fernando P. Cardoso Filho

________________________________
Francisco Antônio P. Cardoso

________________________________
Antonio P. Cardoso

________________________________
Rita Maria Cardoso Barbosa

________________________________
Maria Magdalena Cardoso Veloso

________________________________
Eduardo Penteado Cardoso

________________________________
Maria Estela Pinheiro Franco
 VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br