JANEIRO 2019

Soja e outras plantas de verão em pleno crescimento.
Citros, café e cana de açúcar enfrentando limitações do clima.

 
 LANÇAMENTO BIOGRAFIA
 Busca
 
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo
(mla)
:: QUALIDADE DO SOLO E ESTOQUES DE CARBONO SOB ILP NO TOCANTINS
Entre as conclusões dessa fase do projeto, em relação à química do solo pode-se notar a tendência de as glebas submetidas ao uso agrícola em superar aquela sob vegetação nativa, o que era esperado dado às condições do cerrado, cujos solos são naturalmente pobres em nutrientes, o que é solucionado pela adição de fertilizantes e corretivos durante o uso agrícola.

Entretanto, percebe-se tendência de acúmulo de carbono no solo nas glebas submetidas ao uso com iLP, onde o estoque de COS é maior que o da vegetação nativa, enquanto que sob o cultivo da cana (preparo convencional e monocultura) observa-se tendência de queda no estoque de COS em relação ao cerrado.

Tal tendência também foi observada em relação aos atributos físicos avaliados até o presente momento, onde a área sob cultivo de cana apresentou maior densidade do solo e menor umidade e porosidade total, em relação às demais.

Para ler a íntegra do relatório clique aqui

Fonte: Elisandra Solange Oliveira Bortolon
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br