MARÇO 2019

Colheita da soja avança para o final e milho segunda safra consolida plantio. Chuvas e calor recuperam desempenho de cultivos perenes.

 
 CARTILHA SPD
 Busca
 
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo
(mla)
:: EFICIÊNCIA DA ADUBAÇÃO NITROGENADA NO SISTEMA SOLO-SOJA EM AMBIENTE TROPICAL E SUBTROPICAL
Os dados da biometria das plantas no estádio R5.3 em Primavera do Leste evidenciam que apenas a altura de plantas diferiu entre as épocas de aplicação de N, de modo que, as plantas ficaram mais altas quando o N foi aplicado em VE. Não houve diferença entre as doses, nem interação entre as fontes de variação. Como o número de nós da haste principal não sofreu influência dos tratamentos conclui-se que a maior altura das plantas se deu pelo alongamento dos internódios.

Em relação a MS das diferentes partes da planta em R5.3, não houve diferenças entre os tratamentos. A maior altura das plantas quando feita a aplicação de 10 N em VE, não resultou em maior MS de hastes. Isso significa que as plantas não alocaram mais carboidratos na haste.

Para ler o relatório completo clique aqui

O resumo do trabalho foi apresentando também em um poster em simpósio científico, mostrando os resultados obtidos até o momento. Para ver o poster clique aqui

Fonte: José Laércio Favarin e Clovis Pierozan Junior
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br