JANEIRO 2019

Soja e outras plantas de verão em pleno crescimento.
Citros, café e cana de açúcar enfrentando limitações do clima.

 
 PRÊMIO AGRISUS
 Busca
 
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo
(mla)
:: ATRIBUTOS FÍSICOS DO SOLO SOB CULTIVO DO ALGODOEIRO EM SISTEMA PLANTIO DIRETO E CONVENCIONAL
Considerando o solo estudado e as condições ambientais da área experimental do presente experimento, pode-se concluir que:

Após 9 anos de implantação do experimento, o solo cultivado com algodão em sistema plantio direto apresentou maior teor de C na camada de 0-5 cm, quando comparado ao sistema convencional, enquanto que a densidade, porosidade total, macro e microporosidade não apresentaram diferença entre o sistema plantio direto e convencional;

O cultivo do algodoeiro em sistema plantio direto e convencional, com e sem rotação de culturas, modificam as propriedades físicas do solo, em relação ao Cerrado natural, sendo este mais pronunciado até a profundidade de 30 cm, enquanto que os teores de C foram modificados até a profundidade de 100 cm;

A taxa de infiltração da água no solo avaliada com o Mini Disk tende a ser mais influenciada pela cultura presente na área no momento da avaliação, do que os sistema de manejo do solo.

Para ler a íntegra do relatório clique aqui

Fonte: Leticia Helena Campos de Souza
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br