MARÇO 2019

Colheita da soja avança para o final e milho segunda safra consolida plantio. Chuvas e calor recuperam desempenho de cultivos perenes.

 
 CARTILHA SPD
 Busca
 
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo
(mla)
:: EFICIÊNCIA DE USO DE NITROGÊNIO NO CONSÓRCIO MILHO-BRAQUIÁRIA PARA FINS DE PLANTIO DIRETO E INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA
A braquiária produzida em consórcio com o milho é utilizada na entressafra para realizar a cobertura do solo em sistema de produção plantio direto (SPD) ou como alimento para animais no sistema de integração lavoura-pecuária (ILP).

O consórcio pode ser segmentado em duas etapas: semeadura do milho/braquiária até a colheita do milho (ET1) e colheita do milho até a safra seguinte (ET2). Até o momento pouco se conhece sobre o crescimento da braquiária após a colheita do milho nestes sistemas de produção, assim como sobre eficiência de uso do nitrogênio do fertilizante (EUNF) nos sistemas de SPD e ILP.

Conhecer o destino do fertilizante nitrogenado no consórcio entre milho e braquiária é importante, pois o crescimento da braquiária em ET2 pode aumentar a EUNF do sistema de produção do milho, o que pode incluir o consórcio como uma boa prática no uso do fertilizante no cultivo do milho.

Esta pesquisa tem como objetivo quantificar a EUNF do consórcio entre milho e braquiária em suas duas etapas, ET1+ET2, comparando esta com a EUFN obtida o monocultivo de braquiária e milho. Para ler a íntegra do relatório clique aqui

Fonte: Silas Maciel de Oliveira; José Laércio Favarin
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br