JUNHO 19

Mês frio das tradicionais festas juninas, este ano deve ter calor acima da media em grande parte do país. Produtividades de plantas de inverno afetadas de forma imprevisível.

 
 ENTREGA PRÊMIO
 Busca
 
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo
(mla)
:: EFICIÊNCIA DE USO DE NITROGÊNIO NO CONSÓRCIO MILHO-BRAQUIÁRIA PARA FINS DE PLANTIO DIRETO E INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA
A braquiária produzida em consórcio com o milho é utilizada na entressafra para realizar a cobertura do solo em sistema de produção plantio direto (SPD) ou como alimento para animais no sistema de integração lavoura-pecuária (ILP).

O consórcio pode ser segmentado em duas etapas: semeadura do milho/braquiária até a colheita do milho (ET1) e colheita do milho até a safra seguinte (ET2). Até o momento pouco se conhece sobre o crescimento da braquiária após a colheita do milho nestes sistemas de produção, assim como sobre eficiência de uso do nitrogênio do fertilizante (EUNF) nos sistemas de SPD e ILP.

Conhecer o destino do fertilizante nitrogenado no consórcio entre milho e braquiária é importante, pois o crescimento da braquiária em ET2 pode aumentar a EUNF do sistema de produção do milho, o que pode incluir o consórcio como uma boa prática no uso do fertilizante no cultivo do milho.

Esta pesquisa tem como objetivo quantificar a EUNF do consórcio entre milho e braquiária em suas duas etapas, ET1+ET2, comparando esta com a EUFN obtida o monocultivo de braquiária e milho. Para ler a íntegra do relatório clique aqui

Fonte: Silas Maciel de Oliveira; José Laércio Favarin
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br