JANEIRO 2019

Soja e outras plantas de verão em pleno crescimento.
Citros, café e cana de açúcar enfrentando limitações do clima.

 
 LANÇAMENTO BIOGRAFIA
 Busca
 
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo
(mla)
:: SISTEMAS CONSERVACIONISTAS DE MANEJO DO SOLO PARA AMENDOIM EM REFORMA DE CANA CRUA
No Brasil, as primeiras pesquisas sobre manejo conservacionista do solo para amendoim sobre cana crua foram realizadas pelo IAC em Ribeirão Preto. Estas pesquisas concluíram que; a nodulação é duas vezes maior, a umidade do solo na zona de crescimento das vagens é 18% maior, o controle de plantas daninhas é favorecido e a produtividade de vagens não é reduzida no plantio direto de amendoim (Bolonhezi et al., 2007). Esses resultados são importantes na atualidade, considerando que a partir de 2017 todos os canaviais paulistas deverão ser colhidos sem queima prévia, demandando mais gastos com operações de preparo do solo.

Nessas condições, o custo pode aumentar em até 30%. Em virtude de mais de 80% da produção de amendoim estar em reforma de canaviais, os produtores forçosamente deverão adotar sistemas de manejo conservacionista. Porém existem diversas dúvidas que ainda necessitam de esclarecimento, sobretudo nas operações de colheita, devido as peculiaridades na morfologia e na fisiologia dessa oleaginosa.

Por tratar-se de pesquisa de campo instalada em três locais diferentes do Estado de São Paulo e em virtude das colheitas ainda não terem acontecido nas duas principais iniciativas, não há resultados consolidados para apresentação e discussão nesse relatório parcial. Contudo, podem-se apresentar alguns resultados brutos e sem análise estatística que permitem inferir algumas conclusões.

Para ler a íntegra do relatório clique aqui

Fonte: Denizart Bolonhezi
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br