MARÇO 2019

Colheita da soja avança para o final e milho segunda safra consolida plantio. Chuvas e calor recuperam desempenho de cultivos perenes.

 
 CARTILHA SPD
 Busca
 
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo
(mla)
:: ATRIBUTOS FÍSICOS, QUÍMICOS E MICROBIOLÓGICOS DO SOLO EM ÁREAS DE SISTEMA ILP NA REGIÃO DO VALE DO ARAGUAIA
O estado de Mato Grosso apresenta o maior rebanho bovino do Brasil com cerca de 28,5 milhões de cabeças (IBGE, 2014). A região do Vale do Araguaia - MT contribui fortemente para o desempenho pecuário do estado. Porém, a região apresenta vastas áreas com pastagens degradadas, reduzindo o potencial produtivo da atividade. A recuperação de áreas com pastagens degradadas é de grande importância, pois se estima que entre 60 a 70% dessas pastagens encontram-se sobre solos agriculturáveis (MARCHÃO, 2007).

Neste contexto, o sistema de Integração Lavoura-Pecuária (ILP) surge com opção para recuperar essas áreas e consequentemente torna-las mais sustentáveis (FIGUEIREDO & OLIVEIRA, 2015). E para o desenvolvimento de sistemas de produção agrícola mais sustentável, a melhoria das propriedades físicas, químicas e biológicas do solo é uma questão chave (VILELA et al., 2008).

Para ler a íntegra do relatório clique aqui





Fonte: Silvio Yoshiharu Ushiwata
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br