MARÇO 2019

Colheita da soja avança para o final e milho segunda safra consolida plantio. Chuvas e calor recuperam desempenho de cultivos perenes.

 
 CARTILHA SPD
 Busca
 
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo
(mla)
:: AVALIAÇÃO DO ÍNDICE DE QUALIDADE DO SISTEMA PLANTIO DIRETO POR ATRIBUTOS QUÍMICOS E FÍSICOS DE QUALIDADE DO SOLO
Buscando a melhoria das práticas de conservação do solo a agricultura brasileira iniciou na década de 70 uma significativa mudança no sistema de manejo e preparo do solo, saindo do antigo Sistema Convencional caracterizado pelo excessivo revolvimento do solo para a adoção do Sistema de Plantio Direto (SPD), onde o revolvimento do solo é reduzido. O SPD é considerado um dos grandes avanços no sistema de produção brasileiro, sendo cada vez mais utilizado trazendo benefícios aos atributos de qualidade do solo (Ziech et al., 2015).

A mudança de sistema de manejo do solo foi motivada por diversos fatores dentre os quais pode-se citar a redução no tempo e custo de preparo do solo, devido às diversas gradagens necessárias no sistema convencional.

Quando o SPD é utilizado de maneira adequada, ou seja, tendo suas premissas atendidas, são observadas melhorias nas qualidades química e física do solo, aproximando os valores dos atributos do solo aos de áreas nativas (Hickmann e Costa, 2012; Guareschi, Pereira e Perin, 2012).

Contudo é de conhecimento notório que, embora tenha sido um grande avanço a introdução e o grande crescimento do uso do SPD, este nem sempre é realizado dentro das premissas para que desenvolva sua melhor eficiência.

Para ler a íntegra do relatório clique aqui



Fonte: Laércio Augusto Pivetta
Voltar VoltarImprimirEnviar para um amigo

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br