ABRIL 2017

Colheita de soja terminada com recorde de produtividade pelo clima favorável em todas as regiões produtoras. Milho safrinha semeado cedo beneficiando a produção. Chuvas escassas em março, podendo reduzir a produção, principalmente de cana.

 
 RALLY DA SAFRA 2017
 Busca
 
Voltar Voltar
Pedido de Apoio Financeiro  (dezembro 16)

COMUNICADO

Solicitações de apoio para projetos de bolsas A1 e de pesquisa agronômica C1 serão recebidos nos meses de dezembro 2016 e janeiro de 2017 para projetos com início a partir de abril de 2017 e nos meses de junho e julho de 2017 para início em outubro.

Considerar as seguintes linhas como prioritárias, mas não exclusivas:
  • Efeitos da presença animal em pastoreio no sistema ILP.
  • Efeitos da Brachiara ruziziensis sobre milho de segunda safra e uso de nitrogênio no sistema.
  • Sistemas sustentáveis para produção de cana-de-açúcar e culturas no período de renovação. Por que produtores de cana revolvem tanto o solo?
  • SPD e SAFs sobre a economia e conservação do solo na pequena propriedade. É viável?
  • Pequenas propriedades não adotam efetivamente o SPD. Cultivo de hortaliças ou cultivos orgânicos em SPD são sustentáveis? Podem ser úteis?
  • Solos em SPD são compactados? Como evitar?
  • Indicadores biológicos da fertilidade do solo. SPD e biologia do solo.
  • Novos Sistemas para produção sustentável.
  • (SPD – sistema de plantio direto; ILP –integração lavoura pecuária; SAF – sistema agroflorestal)

As propostas deverão ser encaminhadas na forma de carta consulta conforme as normas usuais. Os autores devem consultar no site o catálogo de projetos já apoiados pela Agrisus e justificar novidades ou complementariedades.

I- Toda solicitação de apoio deverá contemplar aos Objetivos e Finalidades da Agrisus especialmente definidos em seu Estatuto bem como se enquadrar na classificação indicada:

Artigo 4º: "A FUNDAÇÃO tem por objetivos promover a educação acadêmica e peofissional visando a sustentabilidade da agricultura e da pecuária tropicais, assegurada pela conservação e melhoria do solo e do meio ambiente, apoiados por tecnologia apropriada. Parágrafo 1º - Os objetivos da FUNDAÇÃO serão atingidos mediante o financiamento de projetos específicos ajustados às finalidades da entidade, visando:

A) Educação individual
    A1 - Bolsas de graduação e pós-graduação
    A2 - Auxílio de participação em eventos
    A3 - Auxílio de participação em viagens de estudo

B) Educação coletiva
    B1 - Eventos técnico/científicos
    B2 - Demonstrações a campo
    B3 - Livros, bibliotecas

C) Embasamento da educação
    C1 - Pesquisa Agronômica
    C2 - Pesquisa do Estado da Arte

II - Os pedidos de financiamento serão sempre iniciados por carta consulta enquadrada nos objetivos do Art. 4º acima e obedecendo as seguintes normas:

    1. Título do projeto (cinco palavras se possível), sub-título facultativo.
    2. Nome do responsável, profissão, títulos, cargo e instituição a que está ligado, endereço, telefone, e-mail, etc.
    3. Classificação do projeto (como acima), seu objetivo, fins a que se destina, sua justificativa e natureza do trabalho.
    4. Local, metodologia de trabalho e cronograma fisico (duração). Análise do "público alvo" nos casos de eventos, bem como temário e palestrantes. Nomes e credenciais dos colaboradores que dividirão as responsabilidades do projeto. Outros informes e antecedentes que mostrem ser factível a proposta.
    5. Concordância da instituição relacionada ao trabalho, bem como de orientadores quando participantes dos trabalhos.
    6. Valor pleiteado, natureza das despesas e cronograma financeiro.

III - Prazos de apresentação das consultas (máximo três páginas):

    1. Projetos de curta duração (6 meses ou menos) - com antecedência mínima de 45 dias do início do projeto.
    2. Projetos de pesquisa e outros de prazo superior a 6 meses com antecedência mínima de 90 dias ao início do projeto.

    3. Projetos envolvendo bolsas (A1) e pesquisa agronômica (C1) terão duas épocas definidas para apresentação: dezembro/janeiro para projetos com inicio a partir de abril e junho/julho para projetos com inicio a partir de outubro.

IV - No caso de pesquisa, validação ou demonstração os pedidos serão classificados como de longa duração e deverão observar as seguintes condições:

    a) Incluir, de forma resumida, a justificativa do projeto, com descrição clara dos tratamentos, medições e número de dados a analisar e avaliar, a infraestrutura e disponibilidade de pessoal, o cronograma de execução e orçamento previsto, além de outros informes que demonstrem ser a proposta factível e de utilidade. Evitar a anexação do projeto caso existente.
    b) Anexar a manifestação do interesse da instituição envolvida. Nos casos de bolsas (A1 e A2) as solicitações devem ser feitas pelos interessados, devidamente instruídas com histórico escolar, com a descrição da pesquisa ligada ao estudo e com justificativa do professor/ pesquisador responsável pela orientação e acompanhamento. Bolsas A1 de graduação devem ser solicitadas pelo orientador.
    c) Demonstrar conhecimento e incluir referência prioritária às pesquisas que mereceram apoio da Agrisus e estão disponíveis no site da Fundação.
    d) Comprometer-se a elaborar texto das conclusões expandidas, descrevendo sumariamente a pesquisa, citando os principais resultados obtidos, evitando recomendações, podendo estar na forma de artigo técnico, para divulgação pela Agrisus.
    Uma vez aceito o pedido, só então o projeto completo deverá ser submetido à aprovação, bem como a bibliografia em que se apoia, incluindo as pesquisas referidas na letra (c).

V - Condições gerais inerentes a todos os projetos:

    a) Adaptação do projeto às sugestões e condições apresentadas pela Agrisus.
    b) Apresentação de relatório final do resultado do trabalho ou evento financiado. No caso de pesquisa, serão apresentados também relatórios semestrais de andamento, bem como, no final, um artigo de divulgação técnica, sem prejuízo da apresentação científica.
    c) No caso de evento, serão asseguradas a Agrisus tempo para apresentação oral da entidade com indicação no programa, bem como colaboração na fixação e distribuição de material fornecido pela Fundação ou por iniciativa do proponente (cartazes, faixas, folhetos, avulsos, etc.).
    d) Será assegurado crédito à Fundação quando o projeto, de qualquer natureza, for mencionado em objetos, materiais de apoio e divulgação, relatórios, anais, artigos, reuniões e quaisquer outras oportunidades.
    e) Toda correspondência deverá ser encaminhada via Internet para agrisus@fealq.org.br com cópia para agrisus@agrisus.org.br

Voltar Voltar

Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br