FEVEREIRO 2018-Produtores aprestam-se para a colheita da soja, seguida da semeadura da segunda safra, esta com atraso da melhor época. Provável aumento do sorgo. Melhor tecnologia recomenda sobressemeio de B. ruziziensis, para assegurar PD de qualidade.
 
 ANIVERSÁRIO ABC
 Busca
 

 Voltar

Regulamento interno
* Aprovado pela Diretoria em Reunião de 27 de Fevereiro de 2002.

Art. 1º. A AGRISUS atua conjuntamente com sua conveniada FEALQ na apreciação e avaliação dos pedidos de financiamento para projetos no setor agropecuário, conservação e melhoria do solo e meio ambiente, devendo, portanto, todos os projetos de pesquisa que almejem financiamento da AGRISUS ser previamente encaminhados à FEALQ.

Art. 2º. Os projetos em que se pretende financiamento da AGRISUS deverão ser encaminhados à FEALQ, em nome de seu Diretor Presidente, para exame do conteúdo e verificação se o mesmo se enquadra nas finalidades sociais da AGRISUS, encaminhando-os à AGRISUS juntamente com seu parecer.

- § 1º Os projetos de que trata o caput deverão ser precedidos de “consulta prévia” contendo resumidamente as seguintes informações: I. nome do projeto; II. objetivo e equipe de trabalho; III. metodologia e resultados; IV. cronograma físico; V. orçamento financeiro.

- § 2º. A FEALQ receberá as consultas, recusando as que não se enquadrarem nos objetivos sociais da AGRISUS e dando preferência aos pedidos com proposta de reembolso ou que contemplem rendimento.

- § 3º Aprovada a consulta prévia, a FEALQ responderá ao interessado solicitando que apresente o Projeto nos moldes estabelecidos no Art. 6º.

Art. 3º. A AGRISUS analisará os projetos encaminhados pela FEALQ com parecer favorável ou contrário, justificando à FEALQ eventual recusa de financiamento de determinado projeto que tenha sido recebido com parecer favorável.

- § Único - Os projetos recusados ou aprovados serão devolvidos à FEALQ.

Art. 4º. Para financiamento dos projetos aprovados, será celebrado contrato entre o proponente, a FEALQ e a AGRISUS, pelo qual esta última assumirá os custos de financiamento, bem como serão traçadas as condições gerais de trabalho, desenvolvimento e prazo de conclusão.

- § único – Para plena e fiel execução dos projetos financiados, os contratos deverão prever penalidade a serem aplicados de acordo com a natureza de cada um.

Art. 5º. A FEALQ, nos termos do convênio celebrado com a AGRISUS, acompanhará o desenvolvimento dos projetos financiados, fiscalizando a utilização dos recursos e o fiel cumprimento das metas apresentadas, mantendo sempre a AGRISUS devidamente informada.

Art. 6º. Na parte técnica do projeto deverá constar: I.denominação; II.equipe técnica com coordenador responsável; III.objetivo do projeto; IV.metodologia; V. bibliografia; VI. resultados esperados; VII. cronograma físico; VIII.cronograma financeiro; IX. esquema geral da receita/reembolso previstos.

- § único - Deverá conter ainda no projeto Plano de Aplicação Financeira com previsões de gastos com: I.pessoal contratado em regime empregatício; II.material de consumo (nacional e importado); III.serviços de terceiros; IV.equipamentos (nacionais e importados); V.publicações (livros nacionais e importados).

Art. 7º. Esclarecimentos adicionais poderão ser obtidos na FEALQ (fone 19. 3417.6617) ou na AGRISUS (fone 11. 3064.8776).

 Voltar


Conveniada: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - FEALQ 
Contato: agrisus@agrisus.org.br e agrisus@fealq.org.br